Autor do livro “Milagre da Luz e outros Contos em Travestere” lança livro em Belo Horizonte


Carlos Pronzato 
O Milagre da luz e outros contos em Trastevere, de autoria de Carlos Pronzato, um livro de contos,
bilíngue, foi escrito em 2014, após uma temporada do autor no bairro que considerado um dos mais fascinantes de Roma.

O poeta e cineasta Carlos Pronzato  faz uma noite de autógrafos durante o lançamento de seu livro O Milagre da Luz e outros Contos em Travestere, nesta sexta-feira, a partir das 20h, dia 23 de junho, no restaurante La Traviata, av. Cristóvão Colombo, 282, bairro Savassi, em Belo Horizonte. O evento é uma iniciativa do Comitato degli Italiani all’Estero de Minas Gerais (Comites MG).

Em seu livro, Pronzato retratar situações e lugares que vão além do interesse turístico, do caráter “pitoresco” daquele local boêmio e de arquitetura medieval. Os personagens expressam o lirismo, a ironia, a tragédia e a alegria cotidianas. São episódios da vida vivida que, recriados em prosa econômica e precisa, confirmam a universalidade das dimensões humanas essenciais.

Com uma linguagem cativante, o livro através de seus contos desafiam a percepção vulgar: invertem a ideia do que comumente se entende por “gente importante”. Em seu livro, o autor mostra a sua experiência literária, para aqueles leitores que se dispuserem a apropriar-se dos vários sentidos de suas linhas e entrelinhas, um diálogo aberto e inspirador.

Conheça o autor

Argentino residente no Brasil, Carlos Pronzato é poeta e cineasta dedicado especialmente a temas sociais e políticos. Suas obras audiovisuais e literárias destacam-se pelo compromisso com a cultura,
a memória e com o protagonismo popular. Dentre seus mais de 50 documentários destacam-se "O Panelaço, a rebelião argentina", "Bolívia, a guerra do gás", "A Bahia de Euclides da Cunha”, "Buscando a Salvador Allende", "Carabina M2, uma arma americana, Che na Bolívia", “Madres de Plaza de Mayo, verdade, memória e justiça”, "Marighella, quem samba fica quem não samba vai embora", “A Rebelião dos Pinguins, estudantes chilenos contra o sistema”, "Pinheirnho, tiraram minha casa, tiraram minha vida", "Mapuches, um povo contra o Estado", "A partir de Agora, as Jornadas de Junho 2013", "Dívida Pública Brasileira, a Soberania na Corda Bamba". Entre outras importantes distinções recebeu, em 2008, o prêmio da Clacso - Conselho Latino-americano de Ciências Sociais e em 2009, na Itália, o prêmio Roberto Rossellini.