Historiador e premiado chef falam sobre as similaridades entre as culinárias mediterrânea e mineira


As identidades culturais são construídas, em certa medida, através da gastronomia. E mais do que em outros países, a culinária é um símbolo da Itália. Para falar sobre este assunto, o historiador ítalo-brasileiro Luca Palmesi e o premiado chef mineiro Leo Paixão estarão na Casa Fiat de Cultura, Praça da Liberdade, 10, em Belo Horizonte, no dia 21 de novembro, para participar das “Conversas ao redor da mesa”.  A palestra será realizado das 19h30 às 21h, e tem entrada gratuita,

O evento integra a programação da 3ª Semana da Cozinha Italiana no Mundo, promovida pelo Ministério Italiano das Relações Exteriores, dos Bens Agrícolas e da Educação com o objetivo de promover as tradições gastronômicas do país. A programação completa de BH pode ser conferida no site do Consulado da Itália em Belo Horizonte.

A gastronomia italiana desperta interesse no mundo inteiro, sendo uma das mais apreciadas por seus ingredientes e sabores. Nas “Conversas ao redor da mesa”, Luca Palmesi apresentará um panorama da história da alimentação mediterrânea e Leo Paixão falará sobre a gastronomia mineira de quintal e suas similaridades com a cozinha mediterrânea.

Por sua vez, Leo Paixão apresentará a similaridade entre as cozinhas mediterrânea e mineira por meio do uso de hortaliças. O chef dará destaque ao conceito da gastronomia mineira de quintal, que se refere ao modo como a culinária de Minas Gerais se desenvolveu, no quintal das casas, com plantio e criação de animais, mostrando que a agricultura familiar é o fator que marca a herança da comida mineira.

“Conversas ao redor da mesa” é uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, da Casa Fiat de Cultura e do Consulado da Itália em Belo Horizonte, com o patrocínio da Fiat Chrysler Automóveis – FCA , Banco Fidis, Fiat Chrysler Finanças, Fiat Chrysler Participações e Banco Safra. A exposição conta com apoio institucional do Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

Casa D'Italia Juiz de Fora promove o Natal Solidário



A Casa D'Italia de Juiz de Fora, o Centro de Dança Borboleta e seus parceiros, estão recolhendo doações de alimentos não perecíveis para o Natal das crianças assistidas pela instituição Ama - Amigos Mãos Abertas. As doações acontecem no período de 12 de novembro a 20 de dezembro.

A Amigos Mãos Abertas é uma entidade filantrópica de promoção humana, cultural e ecumênica, sediada no bairro Carlos Chagas, em Juiz de Fora e em mais duas cidades, Barbacena e Ubá. Na cidade de Juiz de Fora são assistidas 69 crianças, com idades entre 5 e 17 anos.

Para saber mais informações sobre o trabalho e todos projetos do AMA, os interessados deverão visitar o site, clicando aqui

Locais para Doações


As doações estão sendo recebidas nos seguintes endereços:
- Casa D'Italia Juiz de Fora, Av. Rio Branco, 2585, Centro, de segunda a sexta-feira - de 9 às 11 horas e de 13 às 19 horas.
- Centro de Dança Borboleta, Rua Simão Gabriel Sffeir, 80, Borboleta, de segunda a sexta-feira de 19 às 21 horas.

Os interessados em obter mais informações poderão entrar ainda em contato, através dos telefones: 32- 99197-8330 e 32 - 98877-0912.

São parceiros da ação: Duplo Estúdio de Criação, Cultura Italiana, Angelo Savastano Photo Sports, Extintores Apague, Amadança JF Festival, Tarantolato, Templo do Bem Estar - Núcleo de Meditação e Yoga.